PLANO DE ESTUDOS

Depois de ser conhecida a Instituição de Acolhimento, o estudante deve preparar uma proposta das UC’s que irá realizar durante o período de mobilidade. Para tal, deve contactar o Coordenador de Erasmus da ESSSM (tania.martins@santamariasaude.pt) para saber quais as UC’s disponíveis na Instituição de Acolhimento.

O pleno reconhecimento académico é uma condição obrigatória da mobilidade estudantil no âmbito do Programa Erasmus. Assim, o período de estudos realizado no estrangeiro tem que substituir efectivamente um período de estudos equivalente na Instituição de origem, incluindo as avaliações, mesmo que existam diferenças entre os conteúdos adoptados nas duas Instituições. A partir do momento em que o Learning Agreement é aprovado, as equivalências têm que ser reconhecidas.

O estudante tem que realizar, também, um Contrato de Estudos, em conjunto com o Coordenador de Erasmus da ESSSM. Através deste contrato, o estudante compromete-se a seguir o Learning Agreement na Instituição de Acolhimento, considerando-o parte integrante dos seus estudos superiores. A ESSSM, por seu lado, compromete-se a garantir o pleno reconhecimento académico dos ECTS obtidos durante o período de mobilidade.

No final do período de mobilidade, a Instituição de Acolhimento emite um registo académico que apresenta todos os resultados do estudante. Uma vez recebido este documento pelo GRIC da ESSSM, serão lançadas as notas das UC’s correspondentes ao plano de estudos na ESSSM.