Assinala-se a 1 de agosto o Dia Mundial do Cancro do Pulmão.

O cancro do pulmão é dos tipos de cancro mais frequentes e o mais mortal em todo o mundo, representando 18,4% dos casos de morte por doença cancerígena. 

É importante lembrar que qualquer pessoa pode ter cancro do pulmão. A melhor maneira de reduzir o seu risco desta doença é tomar medidas para evitar a exposição às substâncias perigosas com maior probabilidade de causá-la. Os fatores de risco para cancro do pulmão incluem tabagismo, fatores ambientais (exposição ao amianto, arsénico, mercúrio ou urânio) e genéticos (história de cancro anterior, idade, história familiar e doenças pulmonares) não devem ser ignorados. 

Não menos importante é estar atento a alguns sinais de alerta – perda de apetite e peso, cansaço, tosse seca persistente e/ou com sangue, dificuldade respiratória e dor no peito ou costas – que podem ajudar a detetar o cancro do pulmão ainda num estádio inicial. 

Geralmente, as fases iniciais do cancro não causam dor. Se tem estes sintomas, não espere até ter dor, para consultar o médico. 

Mais informações sobre esta doença aqui

 #diamundialdocancrodopulmão #lworldlungcancerday