Considerando a evolução da infeção da COVID-19 a nível mundial e as situações de doença ocorridas na Europa, nas quais já se inclui Portugal, a OMS declarou emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco de propagação para muito elevado.

Atendendo igualmente aos diversos comunicados, orientações, informações e recomendações baseadas em evidências, emitidos por diferentes organismos, entre eles a DGS, e tendo também em conta o nível de risco para a saúde pública, a ESSSM toma agora a difícil decisão de cancelar todos os eventos agendados até ao dia 10 de abril de 2020.

O reagendamento dos eventos será definido em função da evolução deste surto.