Licenciatura em Enfermagem


 

Apresentação

O Curso de Licenciatura em Enfermagem (registo nº R/A-Ef 52/2012 de 08-05-2012) confere o grau de licenciado e tem a duração de oito semestres, quatro anos, num total de 240 ECTS. O ensino/aprendizagem no curso de licenciatura em enfermagem desenvolve-se em alternância entre teoria e prática clínica de enfermagem por se valorizar a formação que visa o exercício de uma atividade de carácter profissional, assegurando aos estudantes uma componente de aplicação dos conhecimentos e saberes adquiridos às atividades que compõem o perfil profissional.

 

 

Coordenação:

Prof. Doutora Goreti Marques

goreti.marques@santamariasaude.pt

Curriculum Vitae
 

Duração

4 anos curriculares / 8 semestres / 240 ECTS

 

Regime

Laboral

 

Requisitos de Acesso/Ingresso

02 Biologia e Geologia (B)

Classificações Mínimas: Nota de Candidatura 95 pontos, Provas de Ingresso 95 pontos
Fórmula de Cálculo: Média de Secundário 65%, Provas de Ingresso 35%

 

Vagas

Regime Geral – 80

Regime de Reingresso e Mudança Par Instituição/Curso – 5

Titulares de Outros Cursos Superiores – 5

Regime Especial de Acesso e Ingresso no Ensino Superior Maiores de 23 anos – 6

 

Objetivos Gerais do Ciclo de Estudos

A Licenciatura em Enfermagem tem a duração de 4 anos, correspondendo cada ano a 60 ECTS, num total de 240 ECTS, tendo como missão “assegurar a formação científica, técnica, humana e cultural para a prestação e gestão de cuidados de enfermagem gerais à pessoa ao longo do ciclo vital, à família, grupos e comunidade, nos diferentes níveis de prevenção” (Artº 5º do Decreto-Lei nº 353/99 de 3 de Setembro, p.6199).

   - Formar profissionais altamente qualificados, com preparação científica, técnica, pedagógica e cultural, capazes de responderem às necessidades de saúde dos indivíduos e das populações;

   - Desenvolver um sólido conjunto de competências/conhecimentos e habilidades que lhes garantam a máxima qualidade na execução dos cuidados de enfermagem que prestam;

   - Dar resposta às necessidades da comunidade quer relativamente aos cuidados físicos, quer psicológicos, sociais ou espirituais, garantindo, deste modo, o respeito pela visão holística do outro.

   - Promover o intercâmbio cultural, científico e técnico com outras instituições, quer públicas, quer privadas, nacionais ou estrangeiras, que visem objetivos semelhantes com vista a um mútuo enriquecimento.

   - Responder aos reptos contemporâneos associados à necessidade de empreendedorismo na enfermagem e na saúde.

   - Promover o domínio de uma 2ª língua que associado às competências já enunciadas e numa perspetiva de empoderamento, facilitará a integração em diferentes mercados laborais respondendo assim aos desafios da globalização.

 

Objetivos de Aprendizagem

Ao longo dos oito semestres o estudante deverá adquirir competências instrumentais, sistémicas e interpessoais que se podem esquematizar da seguinte forma:

   - Desenvolver competências no domínio dos princípios éticos e deontológicos da profissão, bem como no domínio dos princípios humanistas de respeito pelos valores, costumes e religiões do indivíduo/família, promovendo a cidadania, a equidade e os cuidados culturalmente adaptados;

   - Criar competências comunicacionais, de forma a desenvolver relações terapêuticas com o cliente/família, em relação com o ambiente e em contexto comunitário; comunicar com consistência a informação relevante; comunicar eficazmente na equipa multidisciplinar.

   - Transmitir conhecimentos científicos e técnicos que permitam planear ações de educação para a saúde possibilitando ao indivíduo/família a adoção de estratégias adequadas ao seu problema; prestar cuidados de enfermagem ao cliente/família, em diversos contextos, numa perspetiva holística, segundo o ciclo de vida em que se encontra;

   - Desenvolver o domínio de técnicas de enfermagem adequadas na promoção, manutenção e recuperação da saúde do indivíduo/família;

   - Desenvolver competências para participar na gestão dos serviços, controlo e garantia da qualidade nos cuidados de enfermagem, sabendo avaliar os resultados dos indicadores de saúde e determinar as soluções possíveis;

   - Desenvolver competências no âmbito da conceção, desenho e implementação e interpretação dos resultados de projetos de estudo, investigação e formação, no âmbito das ciências em enfermagem, que sejam relevantes para a prática e desenvolvimento profissional, assegurando a transmissão de conhecimentos atualizados aos profissionais e à comunidade científica.

 


CORPO DOCENTE

Ver o corpo docente da Licenciatura em Enfermagem aqui.