• título da imagem

Dia Mundial das Alergias

08 jul 2019

Assinalado a 8 de julho, o Dia Mundial da Alergia é uma iniciativa conjunta entre a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a World Allergy Organization. Entre os principais objetivos está a sensibilização para a importância do tratamento das alergias.

Em Portugal, e de acordo com a Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica, estima-se que as alergias afetem cerca de um terço da população. É, por isso, decisivo saber mais sobre as alergias mais comuns, quais os seus principais sintomas e o que fazer para as prevenir ou minimizar.

As alergias mais comuns em Portugal são as alimentares e as respiratórias (pólenes, ácaros, fungos, pelos de animais).

Nos adultos, as alergias alimentares mais frequentes são aos peixes, mariscos e certas frutas. Nas crianças, as alergias alimentares mais comuns são às proteínas do leite de vaca, mariscos e ovos.

As alergias alimentares manifestam-se com coceira e inchaços nos lábios, vómitos, diarreia, pele irritadiça e rouquidão. As alergias respiratórias provocam espirros, falta de ar, coriza, tosse, coceira nos olhos e dores de cabeça. Já as alergias a medicamentos podem provocar náusea, vómitos ou dificuldades respiratórias.

Assim, a Escola Superior de Saúde Santa Maria aconselha-o a consultar frequentemente o seu médico, optando por um estilo de vida mais saudável.

#diamundialdasalergias

#essaúdesantamaria